domingo, 6 de dezembro de 2009

Para descontrair...

video

bateristas: Pete York, Charly Antolini e Huub Janssen ( São mais velhos mas muito bons!).

Para quem gosta do género, destaque para Lars Ulrich (Metallica) e Peter Criss (Kiss).

10º Ano - Idade Média

video

Para os apreciadores de música, o tema "Padre Nuestro" é dos E-Nomine.

Com imagens do Senhor dos Anéis, fica outra música que deverão gostar de ouvir aqui.

12º Ano - Salazar

Nos próximos tempos iremos abordar o tema do Estado Novo, cuja grande figura foi António de Oliveira Salazar.
Para uma perspectiva genérica podem começar por dar uma "vista de olhos" neste site. Em relação a uma das últimas problemáticas sobre as relações internacionais deste regime deverão consultar este artigo.
Podem ainda ver alguns filmes sobre Salazar na barra de vídeos.

sábado, 7 de novembro de 2009

10º Ano - O início do fim de Roma

video

Após mil anos de Império, Roma acabará por sucumbir e a Europa entrará na Idade Média.

Os bárbaros provocarão a fragmentação da unidade do espaço romano e assistiremos ao redesenhar do novo mapa europeu.

O excerto do vídeo pertence à série "Queda do Império-A queda" e poderão ver os outros seis episódios aqui.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

10º Ano - Roma: a construção de um grande Império

"Os Romanos vieram ao mundo com a espada numa das mãos e a pá na outra", Séneca (célebre escritor romano).

Nas próximas aulas irão compreender o significado das palavras de Séneca. Assistiremos à construção de um dos grandes Impérios da História.
De uma pequena cidade, à beira do rio Tibre, os Romanos partiram à conquista de todo o Mediterrâneo ( o seu "Mare Nostrum").
A romanização foi um dos seus propósitos e as suas influências ainda hoje perduram.

Para quem gosta de começar já a aprender, recomendo que vejam a série de 5 vídeos: "Roma o grande império - A Era dos Imperadores"

http://www.youtube.com/watch?v=AivwaOPDFjA

domingo, 11 de outubro de 2009

12º Ano - Os "loucos anos 20"

Após a 1ª Guerra Mundial profundas alterações políticas, sociais e económicas irão ocorrer.
O mesmo irá suceder a nível cultural e das mentalidades, com destaque para o novo papel da mulher.
Os "roaring twenties" caracterizaram-se pelo surgimento de novos desportos, novos divertimentos, muitos deles nocturnos, procurados por uma juventude libertina e independente. Novos ritmos como o "jazz", "foxtrot", "charleston" fazem moda para escândalo dos mais puritanos.

Podem visionar alguns exemplos da música e vida "louca" dos anos 20 em:
http://www.youtube.com/watch?v=ZJC21zzkwoE

Para saber mais sobre evolução da moda, consultem: http://www.lunaeamigos.com.br/cultura/aroupaeamoda1.htm

domingo, 4 de outubro de 2009

5 de Outubro de 1910

Neste dia, comemora-se a implantação da República (desde 5 de Outubro de 1143 que Portugal era uma Monarquia) .
Nos finais do séc. XIX, os desentendimentos partidários (existia o rotativismo entre o Partido Regenerador e o Partido Progressista) sucediam-se. João Franco, ex-ministro do Reino, acabará por fundar o novo Partido Regenerador Liberal.
O rei D. Carlos, sobe ao trono em 1889 e herda uma situação difícil: problemas políticas (Ultimato Inglês, 1890), agitação e revolta republicana no Porto (1891) e dificuldades financeiras.
Apesar de ter conseguido obter algumas melhorias na situação do País, a decisão de chamar João Franco ao Governo (que inicia um governo de Ditadura) e os "ventos de mudança" que se faziam sentir acabarão por levar ao seu assassinato em 1908.
Os Republicanos, conjuntamente com associações secretas como a Carbonária e a Maçonaria, preparam a revolução que irá acontecer a 5 de Outubro de 1910. D. Manuel (que sucedera a seu pai) é obrigado a exilar-se na Inglaterra.
O país inicia uma nova fase da sua vida não menos problemática que a anterior. Em 1926, instaura-se a Ditadura Militar e em 1933, o Estado Novo que perdurará até 1974.

Para saber mais sobre os acontecimentos da véspera e do dia da revolução, ver aqui. Para aprofundar o tema consultar o site.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

10º Ano - O fim de Atenas

video

Brevemente, iremos estudar uma das grandes civilizações clássicas.

A Grécia deu importantes contributos à Humanidade.

Neste video assistimos ao seu fim. Fica-nos a faltar conhecer o seu nascimento e desenvolvimento.

Isso fica para os "próximos capítulos"!

12º Ano - A Revolução Russa - sites de apoio

Nas próximas aulas, iremos abordar um dos acontecimentos mais marcantes do Séc. XX.
O mundo não será o mesmo após a Revolução Russa de 1917.

Deixo-vos indicações de sites que poderão consultar. Alguns apresentam um certo desenvolvimento a nível do conteúdo abordado. Outros são mais esquemáticos. Têm inteira liberdade para consultarem o que vos interessar mais.
Como é lógico, poderão (deverão) fazer outras consultas, nomeadamente a bibliografia que aparece explicitada no vosso Manual.

http://www.portalbrasil.net/historiageral_revolucaorussa.htm
http://www.ailton.pro.br/aulas/aula_revolucao_russa.doc
http://www.mundosites.net/historiageral/revolucaorussa.htm
http://educaterra.terra.com.br/voltaire/mundo/rev_russa3.htm#inicio

P.S. Se forem às mensagens antigas e à barra de vídeo (recomendo o 2º vídeo) encontrarão informação diversificada sobre o tema.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

12º Ano - A 1ª Guerra Mundial: recordar a sua génese

Para "refrescar" as ideias sobre as origens deste conflito e podermos avançar para os conteúdos do vosso Programa, deixo link1 e link2 para consulta de um trabalho que vos poderá ser útil.

Estes ficheiros poderão ser descarregados e são só de leitura.

Novo Ano Lectivo



Um novo ano se inicia. Espero que o percurso, apesar de longo, não seja muito difícil de percorrer e que no final seja alcançada a meta pretendida.
A todos os meus alunos desejo o maior sucesso!
Este espaço volta ao seu rumo original, ou seja, servir de apoio e orientação às actividades lectivas.
As temáticas, embora de carácter disciplinar, poderão ser interessantes para qualquer um. Por isso, este é também um espaço aberto a todos.

sábado, 15 de agosto de 2009

Breves lições de História: "Administrar um país"

O rei era auxiliado pela Cúria Régia (formada por altos funcionários). Em situações excepcionais eram convocadas assembleias com mais ampla representação. Estas Cúrias plenas ou extraordinárias transformaram-se nas Cortes.
Das Cortes, dos primeiros tempos, faziam parte representantes do Clero e da Nobreza. Mais tarde, terão também representantes do Povo ou Terceiro Estado (esta última designação mais conhecida em França).
A sua função era consultiva. Não tinham força de lei e careciam da sanção régia.
Normalmente, o rei seguia o seu parecer. Houve duas reuniões que tiveram carácter deliberativo: as Cortes de 1385 (para eleição de D. João I) e de 1641 (para aclamação de D. João IV).
Existiam ainda os Concelhos (povoações com alguma autonomia administrativa). o Foral era o diploma que estabelecia os direitos e os deveres dos habitantes de um concelho.
Os Forais eram concedidos pelos reis, grandes senhores da Nobreza, Clero e ordens militares.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Breves lições de História: "Povoar o reino"

A sul do rio Mondego as povoações eram escassas.
Depois da conquista, era necessário assegurar a manutenção do território. A defesa, povoamento e amanho da terra tornaram-se grandes prioridades dos reis.
Os ermos foram povoados graças aos monarcas, Igreja e ordens monásticas e militares.
Para atrair povoadores são concedidos privilégios especiais aos colonos, concedem-se forais e distribuem-se terras pelas ordens religiosas.
Às populações locais juntam-se estrangeiros. É preciso destacar o papel dos cruzados (dirigindo-se para a Terra Santa, para combater os Turcos, passavam pela costa portuguesa, prestando auxílio preciosos aos reis portugueses). A título de exemplo, D. Afonso Henriques irá doar-lhes Atouguia e Lourinhã.
As ordens monásticas irão assumir outro papel de relevo. É de salientar a acção destas, por exemplo, no mosteiro de Alcobaça.
As ordens militares de maior destaque, a sul, vão ser os Templários e Espatários (ordem militar de Santiago).

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Breves lições de História: "Cresce um país"

O alargamento territorial foi um das preocupações dos nossos reis.
D. Afonso Henriques inicia o processo de Reconquista (expulsão dos Mouros e recuperação das terras cristãs) no sentido sul.

Alguns dos reis e datas a destacar:
D. Afonso Henriques conquista Lisboa e Santarém, em 1147 e segue em direcção a Évora e Beja, conquistadas em 1159.
D. Sancho I, conquista outros territórios e chega até Albufeira, em 1189. Infelizmente, os Mouros irão conseguir recuperar todos os territórios do sul até Almada.
D. Afonso II irá auxiliar o sogro Afonso VIII de Castela na cruzada contra os infiéis, destacando-se a grande batalha de Navas de Tolosa (1212).
D. Sancho II, reconquista várias povoações no Alentejo e Algarve, destacando-se Tavira e Cacela, em 1238.
D. Afonso III irá conseguir expulsar definitivamente, em 1249, os Mouros do actual território de Portugal continental.

Link para síntese cronológica dos reis de Portugal.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Breves lições de História: "Nasce um país"



No dia 5 de Outubro de 1143, é celebrado entre D. Afonso Henriques e seu primo, rei de Leão e Castela, Afonso VII, o Tratado de Zamora.
Este acontecimento marca, para alguns, o início da História de Portugal.
D. Afonso VII reconhece o direito do seu primo usar o título Portucalensis Rex (rei de Portugal). Contudo, é preciso salientar que naquelas épocas era preciso que o Papa reconhecesse um reino e o seu rei para ser aceite, como tal, internacionalmente. Isso veio a acontecer, em 1179, com a concessão da Bula Manifests Probatum pelo Papa Alexandre III.

"Ao nosso muito amado filho em Jesus Cristo, Rei dos Portugueses.
Sabemos por evidentes sucessos que, como bom filho e príncipe católico, tendes feito vários serviços à Sacrossanta Igreja, destruindo valorosamente os inimigos do nome Cristão, dilatando a Fé Católica por muitos trabalhos de guerra e empresas militares, deixando um nome de grande memória e um exemplo digno de os futuros o imitarem.
Confirmamos a Vossa grandeza e Portugal com inteira honra e dignidade de Reino e todas as terras que, com o auxílio da Graça Celeste, ganhardes aos sarracenos e sobre as quais não possam príncipes cristãos julgar-se com direito.
Concedemos também estas mesmas coisas aos Vossos ditos herdeiros e os defenderemos sobre este respeito (...)" fonte: Infopédia

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Salazar caiu ontem da cadeira

Pois é. No dia 3 de Agosto de 1968 o ditador português teve azar e caiu de uma cadeira (há quem fale que foi na banheira, mas isso é o menos importante). A partir daí nunca mais foi o mesmo e acabou por ficar incapacitado, sendo substituído mais tarde por Marcello Caetano.

O que é interessante é saber que o regime teimava em permanecer e a encenação foi ao ponto de "à volta do ex-presidente do conselho deposto durou ainda dois anos.
"Há uma ficção de tragédia posta em teatro: Salazar vivendo na residência oficial do chefe de Governo. Salazar recebendo ministros, embaixadores, jornalistas estrangeiros. Salazar discutindo política, concedendo entrevistas. E Salazar sendo somente um grande inválido despojado de todo o poder terreno, cidadão como os outros, sem dúvida carregado de passado, de história, de simbologia nos seus princípios, e do poder próprio de uma autoridade moral", escreve Franco Nogueira. (fonte)

A nossa História (que já vai longa e que iremos abordar em "breves lições") tem os seus momentos curiosos e reveladores de até onde o Poder pode ir.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Haja Presidentes inteligentes!

Barack Obama... lembra o Dia de Portugal, Camões e das Comunidades Portuguesas, como a morte do poeta Luís de Camões e relembra a amizade entre os dois países.

"Comunicado do presidente Barack Obama sobre o Dia de Portugal, Camões e as Comunidades Portuguesas Os Estados Unidos e Portugal têm uma forte e longa amizade. Hoje, no Dia de Portugal, Camões e as Comunidades Portuguesas, as pessoas de origem portuguesa pelo mundo marcam a data da morte do maior poeta de Portugal, Luís Vaz de Camões. É conhecido que Camões, que viveu entre 1524 e 1580, é mais conhecido por seu poema épico, 'Os Lusíadas' - um tributo à idade de ouro das descobertas e explorações portuguesas. Esta Nação (Estados Unidos da América) beneficiou das inúmeras contribuições de luso-americanos. Neste Dia de Portugal, eu orgulhosamente mando os meus melhores desejos a todos os que celebram a cultura e a herança portuguesa nesta ocasião." fonte

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Mudança de rumo...

Este espaço tem servido, fundamentalmente, para complementar matérias do Programa de História do 12º Ano. Como estamos a chegar ao final do ano lectivo, a partir de agora irá assumir um carácter mais diversificado.
A História vai continuar a fazer parte do "currículo" mas tornar-se-á mais abrangente com uma assumida, sempre que se considere necessário, perspectiva crítica.

terça-feira, 9 de junho de 2009

sábado, 25 de abril de 2009

Para não esquecer




Por vezes, a nossa memória tem tendência para o esquecimento.

Nos dias de hoje, começamos a constatar a existência de alguns sinais de que a democracia pode estar em perigo.

Por isso, está nas nossas mãos manter vivo o espírito do 25 de Abril!

sexta-feira, 24 de abril de 2009

24 de Abril de 1974

Este é o tempo

Da selva mais obscura

Até o ar azul se tornou grades

E a luz do sol se tornou impura

Esta é a noite
Densa de chacais
Pesada de amargura

Este é o tempo em que os homens renunciam
.


Sophia de Mello Breyner Andresen

segunda-feira, 6 de abril de 2009

sexta-feira, 6 de março de 2009

Falar de algumas coisas sérias a brincar!

video

"Inimigo Público", SIC 2005

Com certeza que vão entender a que se refere este " agitador revolucionário"!

A sério mesmo é a indicação da consulta das obras: "História de Portugal", Direcção de José Mattoso, vol. 7 e 8, Editorial Estampa e "História de Portugal", Direcção de João Medina, vols. XIII e XIV, C.I.L.,1997

quinta-feira, 5 de março de 2009

Figuras ilustres...Salgueiro Maia

Madrugada de 25 de Abril de 74, ainda na Escola Prática de Cavalaria de Santarém, Salgueiro Maia diz: Há diversas modalidades de Estado: os estados socialistas, os estados corporativos e o estado a que isto chegou! Ora, nesta noite solene, vamos acabar com o estado a que chegámos. De maneira que quem quiser, vem comigo para Lisboa e acabamos com isto. Quem é voluntário sai e forma. Quem não quiser vir não é obrigado e fica aqui."
À frente de 240 homens e com dez carros de combate avança sobre Lisboa e torna-se a figura determinante da Revolução de Abril.
Símbolo da coragem e da generosidade dos capitães de Abril.
Recusou cargos de poder. A sua simplicidade e maneira especial de ver a vida culminou na afirmação «o gajo ganhou», referindo-se ao cancro que o vitimou em 1992.
Para ouvir Salgueiro Maia, falar do golpe militar, aconselha-se este link.
Vídeo sobre o Cerco ao Quartel do Carmo.
Vídeo sobre o 25 de Abril ao som de Ary de Santos.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

13 de Fevereiro de 1965 - o fim da esperança.

Humberto Delgado andou pelo país no meio do povo. Muita gente via nele um “salvador".
Por todo o lado se foi perdendo o medo da repressão e as pessoas juntavam-se aos milhares para o saudar.
O descontentamento social grassava no país e a campanha de Delgado transforma-se num autêntico “terramoto político”, pois havia a esperança de que Salazar se demitisse.
O regime reage, as eleições pautaram-se pela fraude e Humberto Delgado é obrigado a exilar-se.
Em 1965, é atraído a uma cilada e acaba por ser assassinado, pela PIDE, a 13 de Fevereiro, em Badajoz.

Para obter informações sobre o General, ver:http://www.humbertodelgado.pt/WebFHD/Biografia/ListaBg.jsp

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Voltando ao trabalho

Tema: Testemunhos do Estado Novo

Objectivos:
- Recolher informação junto de pessoas que vivenciaram o período do Estado Novo.
- Ligar o período do Estado Novo ao concelho de Peniche.

Para concretização do trabalho é necessário pesquisar e recolher informações junto de pessoas que possam dar o seu testemunho sobre como foi viver nessa época.

Apresentação do trabalho:
-Pode obedecer à estrutura tradicional (neste caso, até 15 páginas) ou ser apresentado noutro suporte.
-Poderá ser feito individualmente ou em grupo.

Data da entrega/apresentação semana de 16 a 19 de Março.

domingo, 4 de janeiro de 2009

Pista para as próximas matérias...

video

Link para quem gosta de aprofundar conteúdos

sobre a temática da 2ª Guerra Mundial.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Ano de 2009

Apesar de alguns indícios de um difícil ano de 2009, quero deixar uma mensagem de optimismo, especialmente em relação ao futuro escolar de todos vós.
Para aqueles que não se esforçaram o suficiente está na hora de inspirar fundo e ganhar fôlego para melhorar os resultados.
Para todos os outros espero que continuem o bom trabalho.
Bom Ano de 2009!

P.S. Para os interessados/curiosos, deixo link com breve história sobre a comemoração do Ano Novo.